Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Resultado da busca

10.09.2008 | 1:17

Ibovespa – Será que chega aos 45 mil pontos?

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, Mercados hoje, por Dalton Vieira

O Ibovespa nesta terça-feira (9) despencou 4,5% e atingiu o suporte em 48.558 pontos, previamente comentado nas análises anteriores do IBOV, inclusive em vídeo. Hoje foi um daqueles dias em que você diz: “Ainda bem que o pregão fechou”. A figura ao lado traduz muito bem os últimos dias de pregão na Bovespa.

Nos EUA não foi diferente, as bolsas de valores despencaram devido principalmente ao medo de quebra dos bancos. O foco da vez foi o banco norte-americano Lehman Brothers. Os temores de insolvência deste banco trouxeram pessimismo ao mercado, afetando diretamente o desempenho dos principais índices. O Dow Jones registrou baixa de 2,43%, S&P500 3,41% e Nasdaq 2,64%.

A pergunta é: será que o Ibovespa chega até os 45 mil pontos antes de uma correção (movimento de alta)? Na minha opinião é o menos provável, mas não é impossível, principalmente se lembrarmos o dia (16/8/07) em que o índice chegou a estar em baixa de 8% no dia.

De qualquer forma, o que destaco é que o mercado como um todo encontra-se sobrevendido, abrindo uma série de oportunidades de curto-prazo. No gráfico semanal (figura ao lado) temos um grande movimento de baixa de praticamente 35% (25 mil pontos) em 16 semanas que chegou a uma importante região de suporte, que vai de 48.558 a 44.937 pontos.

No gráfico diário temos o suporte em 48.015 pontos, proporcionado pelo menor fechamento do fundo do dia 16/8/07 (fundo), que provavelmente será testado no próximo pregão (10). Este suporte praticamente coincide com a expansão de 161,8% do Fibonacci que está um pouco abaixo dos 48 mil pontos. Indicadores como o IFR (índice de força relativa), bollinger bands e o clímax do Ibovespa sinalizam uma possível reação ainda nesta semana. Seria bom se o início da reação fosse já no próximo pregão, concorda?

Continuo ressaltando que o momento é interessante para compras de curto prazo. Manter o controle emocional é fundamental para nos aproveitarmos das situações de “caos”, apesar de saber que não se trata de uma tarefa fácil. Ainda mais quando ouvimos aquela voz interna nos dizendo: “cai fora!”. Não é fácil, mas é necessário.